Residência médica: como preparar um bom plano de estudos
residencia_medica_plano_de_estudo_medgrupo_interna

12/03/2019 - Professores do MEDGRUPO oferecem dicas e sugestões para seu plano de estudos para a prova de residência médica. Confira aqui!

Não se preocupe se ainda não sabe como se preparar para a prova de residência. O MEDGRUPO fez uma live no Facebook com dicas para bolar um bom plano de estudos. E se você perdeu a transmissão ou não tem tempo de assisti-la, fique tranquilo que a gente vai te passar os highlights. 

 

1. NÃO SE DESESPERE, SE ORGANIZE! 

Não sofra por antecipação! Esteja você começando ou terminando o internato, ainda há tempo para se preparar. O quanto antes, melhor. Administrar suas finanças e horários são indispensáveis para preparar um plano de estudos eficaz. E se não deu dessa vez, organize-se para os processos do ano seguinte! Não deixe o medo e a ansiedade te tirarem do foco.  

Se organizar e planejar é o segredo!

 

2. DESCUBRA O QUE É IDEAL PARA VOCÊ 

Não se engane, estudar não é fácil. Requer energia, tempo, atenção e nem todos tem isso em abundância. Cada um precisa encontrar o melhor esquema de estudos para si.

"Aaah tá, agora isso fez sentido!"

 

Não vale a pena estudar 20h por dia só porque o colega que tem mais tempo livre está com essa meta de horário. Talvez ele nem esteja absorvendo tudo que estuda ao longo do dia. O foco tem que ser no que é possível, e no que funciona para você.

Às vezes uma pessoa rende muito mais estudando em intervalos mais curtos utilizando a Técnica Pomodoro, por exemplo. Já outras, preferem períodos longos para aproveitar ao máximo a concentração profunda. Por isso, busque técnicas que te motivem a estudar! Não perca tempo se sacrificando em vão, faça valer a pena.

 

 

3. SAIBA DESCANSAR

Não tem porque forçar seu cérebro a passar horas lendo, assistindo videoaulas e praticando questões sem recompensa. Tudo na vida precisa de moderação. Se não descansar e se recompor, seu cérebro vai parar de assimilar direito as informações e todo esse estresse será por nada. Portanto, saia para se exercitar e ver o sol. Dê uma pausa para tomar um chá na sua MedMug da byMed. Lembre-se do ditado: “corpo são, mente sã”. É preciso equilibrar o trabalho e o descanso.
 

Aquela pausa para um café que ajuda a relaxar a mente. (Imagem: MedMug)

 

4. UMA PROVA NÃO TESTA SÓ O CONTEÚDO 

Fazer uma prova é muito mais do que ter o conhecimento. É importante também treinar as competências psicológicas e físicas: remediar a ansiedade, regular seu sono, cuidar da dieta, saber folhear a prova, saber por quais questões começar…Tudo isso é um treinamento a se fazer antes da prova. Fique esperto!

 

DICAS ESPECIFICAS PARA:
. Os futuros residentes de acesso direto
Foco nas aulas, empenho nas apostilas e destreza nas questões de treinamento. É o básico para todos, mas sempre válido ressaltar. Se preocupe mais com a primeira fase do exame do que com a segunda. Se você está saindo do internato, provavelmente já está fazendo revisão o suficiente para a parte prática. Muito cuidado com o “estudo passivo”. Não adianta apenas assistir e ouvir as explicações, o aprendizado requer atenção e empenho genuíno. Esteja alerta e, sempre que possível, faça anotações.
Empenhe-se sempre!
 
. Os futuros residentes com pré-requisito
Para uma residência de subespecialização, é esperado que o concurseiro já tenha uma boa bagagem de conteúdo. Portanto, a prova é ainda mais exigente. E sabendo que a maior parte dos candidatos já está parcialmente inserido no mercado, a solução iMED do MEDGRUPO tem a flexibilidade, de tempo e espaço, ideal para a demanda. Podendo ser acessada de qualquer tablet, smartphone ou computador.
Ler as apostilas, refazer provas, questões de treinamento, tudo que vale pro residente de acesso direto é também aconselhado aqui. E caso haja alguma lacuna de conteúdo, as videoaulas estão sempre disponíveis nos aplicativos do curso. 
Mas não se engane, o aviso de cuidado com o estudo passivo é tão válido aqui quanto antes. Aprender requer seu próprio empenho cognitivo.
 
 
 
DICA BÔNUS: DE VOLTA PARA O FUTURO 
Outra dica que os professores dão é fazer fichamentos e resumos concisos. Além de ajudar a consolidar o conteúdo na memória, não há tempo a perder quando se precisa revisar algo. 
 
Ainda não sabe qual especialidade de residência escolher? O Soul Medicina já publicou um Guia de Residências que pode te ajudar! 
 
ANOTOU ESSAS DICAS?
Os professores do MEDGRUPO já tem anos de experiência com essas provas e seus estudantes. Por isso, vale muito a pena ouvir o que dizem. E se você quer saber como funciona o programa de ensino do preparatório, vamos te explicar agora.
 
COMO É O PLANO DE ESTUDOS COM O MEDGRUPO?
Adquirir os conteúdos, fixar o conhecimento, e mantê-lo fresco na cabeça. Esses são os principais passos: aquisição, sedimentação e revisão. Cada um em seu devido tempo, e todos com o estilo irreverente de didática do MEDGRUPO. 
Se você tem dois anos para isso, o ideal é investir num pacote de dois anos para fazer o Medcurso e depois o MED. Mas caso não tenha essa possibilidade, você pode fazer os dois módulos do pacote ao mesmo tempo num ano só. No primeiro ciclo(Medcurso), a metodologia é convencional: estudando as doenças para conhecer seus sintomas. Aqui, além de te botar em shape pra prova de residência médica, de quebra você acaba adiantando conceitos que ainda não viu na faculdade. Já no segundo(MED), o lance é diferente. Você estuda como se estivesse atendendo um paciente: partindo dos sintomas para descobrir o diagnóstico e tratamento. 
Se ficou curioso sobre datas e valores, você pode tirar essas dúvidas no próprio site do MEDGRUPO.
Site do MedGrupo.
 
Curtiu essas dicas? Tem alguma técnica específica de estudo? Comenta aí! E acompanhe a gente também pelo Instagram e fique por dentro das dicas e novidades! 
 
comaprtilhar 4 0 0 8560
CONTEÚDO EXCLUSIVO GRATUITO